BLOG

Nota de esclarecimento

A União Alternativa Corretora de Câmbio vem por meio desta esclarecer aos seus clientes, parceiros, e a quem possa interessar que o Correspondente Atlas Câmbio (razão social T. V Gerhardt) enquanto empresa, localizado em Foz do Iguaçu/PR, no âmbito da operação Hammer On deflagrada pela Polícia Federal no dia 15 de Agosto do ano de 2017, não participou e nem participa de qualquer ato ilícito do qual foi veiculado na mídia no dia 15/08/17.

(…) As duas casas de câmbio são correspondentes de corretoras de câmbio, uma delas com sede em Porto Alegre e outra em São Paulo. Todo o dinheiro é lícito e declarado. Além disso, eles são investigados por fatos que em tese ocorreram em 2008, no caso da Safira, e entre 2008 e 2011, da Atlas, afirmou o advogado Maurício Defassi. (…)” Confira na íntegra a notícia do site G1: http://g1.globo.com/pr/parana/noticia/pf-faz-operacao-contra-lavagem-de-dinheiro-e-crimes-financeiros-em-cinco-estados.ghtml

Esclarecemos que o Correspondente Atlas Câmbio firmou contrato junto a esta Instituição em 18 de Setembro de 2015, período posterior aos fatos que ocorreram entre os anos de 2008 e 2011.

Ainda nos cabe esclarecer que a União Alternativa nunca enviou nenhuma ordem de pagamento (operação de cabo) indicada pelos seus correspondentes da região de Foz do Iguaçu, tão pouco recebeu propostas para tal.

Por fim, firmamos nosso compromisso em cumprir integralmente as normativas e leis do Banco Central e dos Órgãos Fiscalizadores para o correto e bom funcionamento das nossas atividades de câmbio extensiva aos correspondentes cadastrados, onde exercemos forte fiscalização sobre os mesmos.

Para maior clareza ainda de nossa assertiva, abaixo transcrevemos o despacho/decisão da Excelentíssima Sra. Dra. Juíza Federal Substituta GABRIELA HARDT:

Despacho/Decisão do Poder Judiciário

JUSTIÇA FEDERAL

Seção Judiciária do Paraná

13a Vara Federal de Curitiba

A empresa T.V Gerhardt e Cia Ltda., ME (de nome fantasia Atlas Câmbio e Turismo), com matriz de CNPJ n.º 13.148.417/0001-48, juntamente com suas filiais (CNPJ n.ºs 13.148.417/0002-29, 13.148.417/0003-00 e 13.148.417/0004-90), requereu a expedição de certidão de que continuam aptas a permanecerem abertas. Esclareço que no âmbito da denominada operação Hammer-On, deflagrada nesta data, por ora, não há qualquer determinação judicial proferida por este Juízo que restrinja as atividades das referidas empresas.”

Sendo assim, em face do despacho da Excelentíssima Sra Dra Juíza Federal, a União Alternativa Corretora de Câmbio decidiu, por hora, manter vinculado o correspondente cambial Atlas Câmbio, até manifestação do Banco Central do Brasil em detrimento da sua avaliação aos esclarecimentos prestado por esta Instituição.

Sem mais, nos colocando à disposição para quaisquer outros esclarecimentos que se fizer necessário.

Atenciosamente,

Roberta Ávila Ferreira

Controladoria

União Alternativa Corretora de Câmbio